viagens

Entrevista da semana: Agnes Sacilotto

Posted on Updated on

Hoje começamos uma nova sessão no blog: entrevista da semana!

E nada melhor do que começar com uma entrevista com a Agnes: 26 anos, nasceu para viajar, 25 países conquistados, ainda faltam 166… conheça um pouco mais sobre essa minha amiga, companheira de viagens e de aventuras (algumas que nunca iremos revelar rs).

Screenshot_2015-01-16-10-27-20-1

MA: Gui, de todas as viagens que você já fez, qual foi a mais inesquecível (ou que te marcou de alguma maneira melhor?)

GUI: Foi a Tailândia! Sem dúvidas o melhor lugar que já fui, ótimo em todos as sentidos!

MA: E das viagens da nossa época na Europa, qual foi a melhor na sua opinião?

GUI: Todas foram incríveis, mas eu destacaria a ida para o Marrocos, que foi muito empolgante. E também a viagem que fiz com meu irmão: Amsterdã, Berlim e Praga, que temos muitas histórias divertidas.

MA: Aquela pergunta bem da nossa época de criança… praia ou campo?

GUI: Praia, com certeza.

MA: O que você faria com uma passagem de volta ao mundo nas mãos para 90 dias (que lugares escolheria)?

GUI: Daria a volta ao mundo rs. Iniciaria pela América Central, então iria para Austrália e Nova Zelândia, de lá faria o Sudeste Asiático (local que perderia mais tempo, com ctz), de lá Himalaia, Índia, entraria para o Oriente Médio, Norte da África, uma voltinha na Europa e pronto.

MA: Quais são os 3 lugares que mais você quer conhecer antes de morrer?

GUI: Vietnã, Rússia e Madagascar.

Semana que vem é a vez dela!! Aguardem.

Marcella Romani

Advertisements

Quer viajar e não sabe por onde começar? Temos novidades para vocês!

Posted on

Imagem1

Quase todos os dias recebemos mensagens no Whats App de amigos perguntando de alguma viagem que fizemos… ou até mesmo de lugares que nunca fomos… pedem dicas… conselhos… e ADORAMOS compartilhar nossas experiência e ajudar todos aqueles que tem como objetivo outro país ou outra cidade como próximo destino!

A partir disso, criamos um novo projeto para o blog!!!!! Um guia rápido de lugares que já fomos… para pessoas que querem viajar, não querem depender de agências e pacotes, mas também não querem perder tempo pesquisando o passo a passo do roteiro!!

Estamos desenvolvendo para as próximas semanas destinos como: Colômbia, Chile, Califórnia, Nova Iorque, Canadá… e por aí vai!!!! Mas o primeiro disponível para download é Machu Picchu!!!! Um lugar que sempre quis ir… e bem complexo de chegar (algumas paradas, entradas, tickets, passeios, etc). Nele você vai encontrar dicas, sugestão de roteiros, resumo das cidades que passará até chegar no parque e ainda, no final, uma tabela para simular os custos por pessoa (para planejar o itinerário e budget disponível para a viagem).

Clique e faça o download: http://goo.gl/UbpFSW

Porque queremos inspirar as pessoas… Através de lugares por onde passamos (e por onde ainda vamos passar)…

#PorUmaVidaSemRotina

Novidades no ar!!!! T-Shirts estampadas do #PorUmaVidaSemRotina

Posted on Updated on

E a nossa inspiração em viajar continua… em forma de T-Shirts! Estampas exclusivas e temáticas em nossa nova loja virtual:

http://porumavidasemrotina.iluria.com/

Lancamento

É só escolher a que gosta mais… fazer o pedido… que mandamos entregar!

E aí… qual é a sua preferida?

Última parada: Bogotá

Posted on

Como toda cidade grande… agitada, cheias de coisas para fazer, badalada… e muito fria.

Antes de ir não acreditei na previsão do tempo e nem no que as pessoas me falavam! A minha mala era basicamente biquíni, shorts, calça legging e 1 casaco (que usei no avião). Quando cheguei em Bogotá… além de quase morrer de frio… eu não tinha NADA para combinar… e para sair.

Ah, no primeiro dia que chegamos (plena 6ª feira), nas ruas só tinha gente de salto alto e casaco de couro… logo pensei: “me ferrei!!”. Mas nada que uma rua, cheia de lojas internacionais não resolveram meus problemas: 1 bota na Forever 21, 1 casaco e 2 blusas na Pull & Bear! (até que fui bem contida).

Panoramic view of Bogota, Colombia

Primeiro dia (sábado) aproveitamos para ir na Catedral de Sal (que fica em uma cidade há 1 hora de Bogotá). O lugar é maravilhoso. É uma antiga mina de sal… que agora virou uma igreja. Uma das coisas mais lindas que já vi em toda minha vida… e todo o jogo de luzes que eles montaram… com a guia acompanhando nosso tour, faz a visita ficar muito mais emocionante.

IMG_20141129_134908

De lá, paramos para almoçar no Andres Carne de Res em Chia. Uma DELICIA!!!! Imperdivel. Obs: dizem que a noite é mais divertido porque rola uma baladinha brega… mas, quisemos economizar em taxi (porque é longe).

20141129_133746

Voltamos para Bogotá e acabamos na Zona T de novo!! Lojas e mais lojas! Ah… e lá encontrei meu japa preferido rs… o Claudinho!!!! Ele trabalhou comigo na Nextel… e claro que hoje em dia somos muito amigos… e até lá essa praga me persegue rs (ele estava a trabalho… sem querer… e claro que adorei encontrar com ele).

IMG_20141129_205122

A noite, adivinha?? Mais reggaeton!! Mas dessa vez eu senti firmeza no lugar. Chamava “El Fabuloso”… uma balada no topo de um prédio (de 3 andares rs). Com um ambiente muito agradável e gente da nossa idade (entre 25 e 30 anos). E as musicas?? Ahhhhh… nunca dancei tanto (acho que só quando estive em Buenos Aires em uma balada parecida rs). Vale muito a pena (ah… e não tem muito turista… e nem brasileiros. Aliás, uns brasileiros que conhecemos em Cartagena só indicaram balada eletrônica em Bogotá… como diria a minha amiga Lu “To fuera!!”)

Chegamos no hotel as 4am… e já disse que comigo não tem moleza… as 8am estávamos no taxi (só nosso corpo) para ir a Montserrat. O Claudinho ia encontrar com a gente lá. Chegando lá, nem tinha muita fila para subir. Lá em cima… o que é bonito é a vista… e tem no final um mercadinho (mas, íamos depois no Mercado de Usaquen, então nem comprei nada).

IMG_1997

Ah… segui a dica que me deram: subi de funicular… e desci de teleférico. Não sei se o contrario faz diferença… mas eu curti a ordem!

Saindo de lá fomos ao mercadinho de Usaquen. Usaquen é um bairro de Bogotá… então a feirinha fica meio espalhada em uns 4 quarteiroes. Eu fiquei andando por lá umas 2 horas. Depois, voltamos para o hotel, pegamos as malas…

IMG_1984

E assim… mais uma viagem acabou!!

Marcella Romani

10 dicas para quem quer ir (ou vai) para Colômbia

Posted on Updated on

Quer ir para Colômbia e não sabe por onde começar? Leia essas dicas e comece a planejar sua próxima viagem!!

  1. Acompanhe as promoções de passagens até Bogotá (no feriado do dia 20 de novembro, a Tam/Lan fez uma promoção incrível); e se reservar com antecedência, é possível encontrar voos a partir de 15 mil milhas! (eu sempre acompanho essas promoções no site Melhores Destinosmelhoresdestinos.com.br);
  2. Verifique os voos internos pela companhia low cost Viva Colombia (vivacolombia.co). As passagens chegam a ser a metade do preço da Copa Airlines e Avianca (só verifique os destinos que ela voa);
  3. Se for para Bogotá, leve roupas de frio – lá sempre é frio. E se quiser sair a noite… Capriche no visual (porque o pessoal lá se arruma muito): mulheres, salto; homens, camisa social;
  4. Em Bogotá, reserve um taxi para fazer a Catedral de Sal e depois ir comer no Andres Carne de Res – além de economizar no transporte, economiza no tempo também;
  5. Em Cartagena, fique em um hotel mais simples (será apenas para dormir). O dia inteiro você ficará nos passeios nas ilhas. Se quiser ficar dentro da muralha, provavelmente o hotel terá um cheiro de mofo. Fora da muralha estão os hotéis mais “moderninhos”. Se quiser dormir em alguma ilha, escolha a Cocoliso (o hotel é incrível);
  6. Em San Andres você tem 2 opcoes: ficar em um hotel 5 estrelas e aproveitar a estrutura que ele oferece. Ou ficar em um hotel mais barato (e sem estrutura) e aproveitar os passeios que a Ilha tem (são vários passeios de barco);
  7. San Andres: duty free a céu aberto. Entao aproveite para as comprinhas de eletrônicos, maquiagens, cosméticos, óculos, etc…
  8. Dinheiro: a melhor opção na Colômbia é sacar o dinheiro na hora. As casas de cambio geralmente pagam muito menos (não sei se é assim em outro lugares). Mesmo com o dólar alto, valeu mais a pena sacar do que trocar os R$ que eu levei para lá. Trocar dólar? Nem pensar! Mas lembre-se, faça as contas sempre antes de sacar… e antes de ir viajar, verifique com o seu banco quais são as taxas cobradas para saque internacional. E sempre saque o maior valor possível (para a taxa se dissolver em centavos);
  9. Outras cidades que eu teria ido (mas ainda vou voltar): Medellin (dizem que é uma cidade bem jovem, com baladas e considerada como uma das melhores cidades para viver na América Latina (Fonte: Exame); Providencia (uma ilha perto de San Andres. Dizem que é bem alternativa… mas que o mar de 7 cores é maravilhoso); Santa Marta (mais um destino de praia e perto do Parque Nacional Tayrona); Barranquilla (destino bom durante o Carnaval… dizem que é bem parecido com o nosso);
  10. .. e na hora das compras… NEGOCIE!!!! Todos os preços que te falam (os mercadinhos, passeios e taxi) é super hiper mega faturado!!! (porque tem gringo que paga ne?)

IMG_1997

Marcella Romani

20 lugares que queremos conhecer antes de morrer

Posted on Updated on

Quem nunca listou os lugares que falta conhecer ne? Nós sempre fazemos isso… e está aí um pouquinho do resultado… e das viagens que um dia ainda faremos…

Imagem1

 

  1. Índia
  2. Austrália
  3. Nova Zelândia
  4. Alaska
  5. Hawai
  6. Japão
  7. Patagônia Argentina
  8. Grécia
  9. Chapada da Diamantina (Bahia)
  10. Lençóis Maranhenses
  11. Los Roques (Venezuela)
  12. Egito
  13. Rússia
  14. Croácia
  15. Vietnã
  16. Malásia
  17. Camboja
  18. Croácia
  19. Polônia
  20. Finlândia
  21. Hungria

E a sua lista de lugares desejados, qual é?

Machu Picchu: uma das maravilhas do mundo moderno

Posted on Updated on

IMG_20140909_175317Tudo começou quando vi uma promoção de milhas na TAM (para variar) e decidi ir para Machu Picchu (mas não imaginava que era tão difícil de chegar nas famosas ruínas).

Dessa vez, quem foi comigo foi a Nats (uma amiga minha da época do colégio).

Compramos nossas passagens e começamos a organizar nossa viagem!! Nesse post vou resumir a nossa programação, onde ficamos, quanto gastamos, etc. Nos próximos dias, darei mais detalhes sobre os passeios!

Dia 1: Lima

Saímos bem cedo de SP rumo a Lima (as 5am).

Tempo de vôo: 5 horas (fuso: – 2 horas)

Hostel: Pariwana Hostel – Bairro de Miraflores (o bairro mais legal de Lima)

Quando chegamos no aeroporto pegamos um taxi credenciado (50 soles – que equivale a mais ou menos R$ 50). Foi a melhor coisa que fizemos… porque descobrimos depois que as pessoas que pedem taxi fora do aeroporto sempre pagam mais caro… ou são roubadas!!

Quando chegamos no Hostel, estávamos com muita fome. Fomos comer no shopping Larcomar (detalhe para a vista do Oceano Pacifico).

IMG_0005

Depois fomos para o centro histórico (mas resolvemos ir de ônibus para ver como era isso no Peru… conclusão, me senti uma sardinha enlatada… mas valeu a pena ter essa experiência em um país da Am. Do Sul).

Depois do centro histórico, fomos nas feirinhas de artesanato (que são milhares)…. mas é aquele negócio…. depois da 3ª loja você não aguenta mais olhar as mesmas coisas.

obs: o taxista que pegamos no aeroporto disse que era melhor fazer as compras em Lima do que em Cusco porque era mais barato… mas óbvio que fizemos compras nas 2 cidades ne?

A noite voltamos para o Hostel porque o n osso vôo para Cusco sairia as 8am do dia seguinte.

2º dia: Cusco

IMG_20140924_181618Mais uma vez acordamos cedo e fomos pegar o vôo. Detalhe que saímos um pouco atrasada para o aeroporto (o taxi atrasou) e quando chegamos para pegar o vôo estava o maior caos (porque todo mundo que vai para Cusco sai cedinho de Lima). Entao, é sempre melhor chegar com 1h30 de antecedência para esse tipo de vôo. Mas no final deu tudo certo e chegamos em Cusco. Ah, a viagem até lá é maravilhosa!!!

Em Cusco, ficamos no mesmo Hostel Pariwana… que aliás era um hostel 5 estrelas (há muito tempo não ficava em um lugar tão legal). E os preços variam de R$19/noite a R$90/noite (depende do quarto que escolher).

Chegamos em Cusco, e já sentimos o efeito “altitude”. Dei 10 passos e já me sentia cansada e com falta de ar. Além da dor de cabeça que me deu durante o dia. O ideal é ficar entre 1 e 2 dias em Cusco descansando e se acostumando com a altitude. E foi o que fizemos… descansamos no primeiro dia (e aproveitamos para ver os passeios que faltavam comprar). Deixamos para comprar a passagem de trem até Machu Picchu lá… e foi a maior besteira que fizemos. Além de não ter mais horários bons de viagem, pagamos mais ou menos o dobro do preço (então, fica a dica, feche tudo antes no Brasil).

3º dia: Valle Sagrado (Pisac, Urubamba e Ollataytambo)

E mais um dia acordando antes das 7am para iniciar o passeio pelo Valle Sagrado. O Valle Sagrado é um tour que passa por várias cidadezinhas com sítios arqueológicos. Antes de ir, ficamos na dúvida se passávamos por esse tour antes de ir até Aguas Calientes, ou se fazíamos direto (como a maioria das pessoas fazem). Optamos em fazer o tour antes… porque essas cidades já são caminho para Machu Picchu… e como não tínhamos muito tempo, era melhor otimizar as viagens.

Fizemos 2 paradas antes de chegar em Pisac. A primeira foi em um Mirante na estrada, que conseguíamos ver a região do Valle Sagrado e a segunda foi em uma fábrica de prata. A terceira parada foi em Pisac (no primeiro sitio arqueológico) e já começaram as escadas. Depois paramos para almocar em Urubamba (almoço de tour sabe? Eu particularmente tenho um pouco de preguiça dessas viagens de grupo… mas nesse caso não tinha muita opção). E depois seguimos para Ollataytambo para ver o último sitio.

IMG_0172

Logo depois era nosso trem para Águas Calientes (porém, tínhamos que fazer hora porque pegamos o trem das 21h). Ficamos em 2 restaurantes… e nos 2 fomos muito mal atendidas. Além disso, começou a fazer muito frio… e a gente estava com muito sono. Conclusão… estava todo mundo de mal humor ne?

Pegamos o trem e chegamos em Aguas Calientes. Todo mundo dizia que a cidade era muito bonitinha e os hotéis horríveis. Não conseguimos conhecer muito a cidade… mas é um vilarejo (bem legal mesmo). E o nosso hotel nem era tao ruim assim. Bem limpinho… mas com um péssimo atendimento (as pessoas eram muito mal humoradas) – Hotel Intiquilla

4º dia: Machu Picchu

Finalmente era o dia de conhecer Machu Picchu. Acordamos bem cedo, fomos até o centro do vilarejo trocar nossos convites e pegamos o ônibus que chegaria lá (sim… mais 30 min de ônibus antes de chegar). Chegamos em Machu Picchu… entregamos o convite… e já começamos a subir escadas (mal sabíamos que estava apenas começando). Depois de uns 5 minutos chegamos ao local que todo mundo faz as fotos do cartão postal!!! Mas estávamos com tanto sono… que nem conseguimos aproveitar muito.

IMG_0278

Além disso, tínhamos comprado um ingresso que dava direito a subir uma montanha…. mas não era a Huayna (a montanha famosa que todo mundo sobe)… era a Machu Pichhu (que a principio era mais alta, mas mais fácil. Tinhamos até as 11h para subir (eram 8h). Fomos para a trilha sem pensar muito… e conclusão: 2 horas subindo escadas… paradinhas entre uma vista e outra… pensei 10 vezes em desistir (e a Naty foi caminhando sem se cansar… incrível)… mas o que era mais legal é que as pessoas que estavam na trilha me deram força para terminar… e tudo porque lá em cima tinha uma placa para foto (fiz vários amigos durante a trilha)!!! Hahaha porque na hora que fomos estava tudo coberto de nuvens (mas foi uma experiência legal… me senti literalmente nas nuvens). A descida foi mais fácil… 1 hora.

 

Porém, o que não lembramos era que ainda tínhamos o parque todo para conhecer. Mas o bom é que mais tarde oi dia abriu, saiu sol e foi bem mais tranquilo de continuar andando. Resumindo, foram mais 4 horas andando pelas ruínas… para conhecer bem direitinho.

Saímos do parque as 15h (porque tínhamos que voltar para o hotel, pegar nossa mala e ir para o trem de volta a Cusco). Foram mais 2 horas de viagem até Ollataytambo e depois mais 2 horas até Cusco. Chegamos ACABADAS (as 21h) e capotamos!

IMG_20140926_151132

5º dia: Cusco

Finalmente acordamos um pouco mais tarde (as 9am) e dedicamos o dia para conhecer Cusco. Nem preciso falar que estávamos com câimbras nas batatas da perna ne?

Ficamos o dia todo andando… fazendo comprinhas nos mil mercadinhos que existiam!! Depois fomos até o Bairro de San Blas (que é uma graaaaça) e no final do dia resolvemos subir no Arco de Sant´Anna para ver o pôr do Sol (o que não sabíamos é que o pôr do Sol seria para o outro lado haha). Ficamos lá um tempo e antes de anoitecer voltamos para o Hostel.

IMG_0571

E, para a ultima noite, resolvemos aproveitar e não dormir!! Fomos até uma festa em nosso Hostel… e depois fomos até o Mamma Africa (a balada mais famosa dos turistas). Foi bem legal… tocava de tudo… mas só tinha turista mesmo. Ficamos até as 4am e resolvemos tentar entrar em outro bar (que disseram para nós que era bom também). Mas acabamos desistindo… porque tinha que pagar… e já estávamos cansadas. Voltamos para o Hostel, dormimos 1 hora e quase perdemos a hora para o nosso voo de volta.

IMG_20140926_174532

Ufa… e assim voltei para SP, com as energias renovadas… e pronta para outra!!!

Ma Romani