Month: June 2014

Lugares típicos para curtir o inverno no Brasil!

Posted on

Esse post é para você que adora um friozinho e quer curtir a estação do mês de julho bem acompanhado e com muito edredom!!!

Selecionamos os 05 lugares típicos para curtir o inverno no Brasil:

Campos do Jordão (SP): conhecida como a “Suíça Brasileira”, melhor opção para quem quer frio e curtição! Famosa pela cerveja do Baden Baden, pela vista na Pedra do Baú e pelo teleférico, pertinho de São Paulo, e mega badalada! Mas, se prepare para as filas nos restaurantes, muita gente nova na rua e baladas a noite!

21

Monte Verde (MG): típica atração para casais apaixonados e que curte um programinha ao ar livre durante o dia e um bom vinho a noite. Para os aventureiros, há trilhas para belíssimos mirantes como Pedra Partida e Pico do Selado.

2723983

Petrópolis (RJ): conhecido pelo frio, pelos pontos turísticos e cenários de muitas novelas da Rede Globo, a “Cidade Imperial” é uma cidade elegante para passar o inverno bem acompanhado. Para os amantes da gastronomia, bares e restaurante, e para os amantes da natureza, belas paisagens para desfrutar!

fotos-de-petropolis-11

 

Gramado (RS): típica cidade no Sul, pequena, bonita e charmosa, com atrações para todos os gostos e idades. A cidade atrai turistas o ano todo… mas no inverno, o frio da Serra dá um toque mais charmoso para o local. Sede do Festival Internacional de Cinema e famoso pelo Natal Luz, não falta eventos e programação para o dia e para a noite.

Gramado-615x340

Canela (RS): Pertinho de Gramado (7Km). Conhecida por atrações turísticas, com muitas opções de lazer e descanso. Para comer, não deixe de lado o tradicional churrasco, o romântico fondue e o chocolate caseiro da região. Região para casais, família e até aventureiros.

pontos-turisticos-de-canela-RS-foto1
Agora, se a sua opção é fugir do frio… vá para o Nordeste do país curtir uma praia… ou vá curtir o verão na Europa!!

Marcella Romani e Agnes Sacilotto

Advertisements

Praga, e uma paradinha em Dresden

Posted on

58019_464961455793_517868_n

 

  • Comer Trdlo
  • Ir na balada gigante
  • Catedral São Vito é perfeita
  • Tomar absinto

 

Saindo de Berlin fomos de trem à Praga, são cerca de 4 horas… nevava muito e a paisagem estava linda… toda branquinha.

Lá ficamos em um albergue que aluguei pela net, que na verdade era um apto bem grande que se hospedavam 5 pessoas (bemmm meia boca hauhauha), mas ao menos era na avenida principal.

Praga é sensacional, parP1000942.JPGece que vc esta em um filme me
dieval. De cara fomos ao Castelo, que não é bem como estamos acostumados a ver na Europa, é um Castelo meio aberto, e dentro de os aposentos, jardim, a famosa igreja de São Vito que na minha opinião é uma das mais lindas da Europa. Ficamos a tarde toda passeando por lá, indo embora a pé passamos pela ponte São Carlos, que é uma obra de arte, indescritível, mas estava mto frio (lá venta muito, então a sensação térmica é congelante!), por isso na desfrutamos mto da ponte hauhauha.

Já saindo da ponte tem o museu da tortura medieval (eu já tinha ido em Amsterdã, mas meu irmão quis ir e nesse tempo e fiquei fazendo compras hauhauha).

Já a noite no centro tinha uma feirinha de artesanatos, comidas, tinha uma barraquinha de uma pizza frita que parecia mtoooo boa, ficamos na fila para pegar, mas a moça que fazia devia estar doente, e espirrava, e assoava o nariz, e continuava fazendo nossa pizza, e limpava o nariz de novo… e quando entregou a pizza eu estava com nojinho, o Renê deu uma mordida e jogou fora hauhauahua, na rua vendem um doce mto bom, lembra um pretzl, chama-se TRDLO, vale pegar a fila.

Ah! A cama do meu irmão era zuada, e cada vez que ele se mexia a noite fazia mtoooooo barulho, e uma japonesa que estava em nosso quarto, ficava com cara de bosta (mas não tínhamos culpa), quando acordamos todas as
pessoas já tinha saído do quarto, então trocamos a cama do meu irmão com a dela hauhauahuahuha…

Em nosso segundo dia fomos ao museu de biologia, o prédio é lindo e tem mto o que ver, ficamos mtas, mas mtas horas lá, o relógio astronômico, é demaissss, e uns museos judeus, cemitério judeu…e tb no mus
eu de artigos eróticos, engraçadíssimo hauahuahauhauah (Praga é lotada de puteirinhos e casa de show, mas não fomos…)

Pela noite decidimos ir na famosa balada de 5 andares, Karlovy Lázne, primeiro estávamos com p58019_464961450793_367768_nreguiça de ir por causa do frio, então pegamos um taxi, a balada estava cheia, bebemos mto, vodka, tequila, absinto (lá vendem mtoooo), só sei que era bem longe do hostel e voltamos de lá dando “estrela” pela rua.

Acordamos naquela ressaca, e andamos pela cidade, compras, bebemos cerveja, a Krusovice é uma delicia.

Havíamos reservado 5 dias para conhecer Praga, mas sei lá pq resolvemos ir embora antes. Pegamos o trem de volta à Berlim, mas descemos em Dresden (Alemanha), pq Dresden???? Sei lá, minha amiga que estava em Berlim, falou em Dresden, estava no meio do caminho, lá fomos nós.

Dresden não é uma cidade turística, mas muito fofinha, arrumamos um hostel de ultima hora… lá tem uma igreja que eu me apaixonei, oi a igreja que mais gostei na Europa, andamos pela cidade, um museu de automóveis, umas coisas históricas, estava anoitecendo super cedo e de repente tudo na cidade fechou e tivemos que voltar para o hostel dormir.

No outro dia andando pela cidade descobrimos um museu, qdo entramos era uma exposição sobre índios da Amazônia (fala serio, no interior da Alemanha, achar uma exposição sobre o Brasil, mas lá fomos nós…) já no fim da mostra, tinha uma porta com um lacre verde (verde na minha cabeça é tipo “sim”), girei a maçaneta da porta e isso disparou um alarme no museu kkkkkkkkkkkkk, saímos eu e o Rê correndo e um guarda gritando em alemão…. ahauahuahauha valeram as risada!58358_152563644768924_4148804_n

Ah! Um probleminha que tivemos lá, que pouquíssimas pessoas falavam inglês, cardápios de restaurante só em alemão e eu e o Rê não fazíamos idéia…

No dia seguinte já retornamos à Berlin, eu voltei à Espanha e o Renê ao Brasil. Detalhe: o Rê chegou em casa, a mala dele não auhuha.58019_464961460793_1594010_n

Mochilão pela Europa: AMSTERDÃ

Posted on

57182_464957135793_6095603_o

  • Passeio Red Light e CoffeShops
  • Passeio a Marken, para ver os moinhos
  • Museu Van Gogh
  • Alugar uma bicicleta
  • Passeio de barco pelos canais

 

Fui para Amsterdã duas vezes, uma primeira sozinha, estava calor e depois retornei com meu irmão, durante uma super nevasca. Nossa viagem foi para Amsterdã, Roterdã, Berlin, Praga e Dresden, vou contar tudo essa semana!

Nesta segunda vez, meu irmão pegou um vôo do Brasil para lá e eu iria sair de Madri (pois ainda morava em Pamplona), o inverno 2009/2010 nevou mtoooo na Europa, o vôo do meu irmão saiu de SP com 6 horas de atraso, por causa do clima em Mas, já meu vôo de Madri, nem saiu. Devido o clima o aeroporto de Madri foi fechado, lá ficamos nós horas e horas no chão sem nenhuma informação sequer. Meu vôo era da EasyJet, a pior Cia aérea do universo (na minha opinião), sempre peguei vôos low coast, mas o tratamento da EasyJet é definitivamente um lixo. Vôo cancelado, ficamos no aeroporto, sem nenhuma informação, depois de mto tempo nos informaram que o vôo sairia apenas no dia seguinte, nossas malas haviam sido despachadas, e não tínhamos nem onde ficar… eu irritadíssima fui para um hotel próximo, paguei eu mesma… na manha seguinte nosso vôo Tb não saiu, víamos que algumas cias grandes já operavam, mas a EasyJet não, e não havia previsão… era 23/12, eu não queria passar o Natal no aeroporto, consegui resgatar minha mala, fui ao balcão da Ibéria e comprei um vôo para Ams (dava para eu ter voltado ao Brasil, com o valor que gastei). PS: voltei de viagem depois de 20 dias, passei no balcão d151048_464957120793_5375501_na EasyJet pedindo meu refund, e me disseram que havia passado o prazo…. prazo para embarcar eu não tinha, neh?!!!

 

Mas sobre Amsterdã… a cidade é ótima, tem todo o lado loucura coffeshops, red Light, mas além disso a cidade é demais, linda, fácil de se locomover, interessante…

 

 

      No centro passei pelo Museu do Sexo (vale a ida para das risada!!!), Museu da Tortura (mostra como eram as penas de morte na Idade Média, macabro!!!), Museu da Maconha (nada interessante!), Museu de Van Gogh (esse vale a pena!!!!), Heinecken Experience ( a fabrica da Heinecken, super legal!!!). 68287_464938745793_6734438_nO museu Stedelijk, estava fechado devido a uma reforma.






 

 

 

Perto da Dan Square, tem mtas lojinhas de souvenirs, super legais… obviamente aluguei uma bicicleta para conhecer a cidade. Os passeios pelos canais são uma delicia.

Na minha primeira ida, queria conhecer tudo, peguei um passeio que pude ir até Marken, ver os moinhos, Haya, para ver a corte internacional de justiça, Delft, a cidade famosa pelas porcelanas, interessante

Eu e meu irmão fomos à Rotterdam de trem, eu queria conhecer o porto de qualquer forma… cidade interessante, mas nada turística.41087_152563534768935_2140828_n

De volta à Amsterdã, os passeio pela Red Lights são engraçadíssimos, assim como pelos Coffe Shops. Uma noite fomos ao Ice Bar, muito legal, mas infelizmente não podemos entrar com máquinas fotográficas, temos que comprar as fotos.

 

 

Em minha seg19959_104406979584591_2640691_nunda ida à AMS, com meu irmão, iríamos passar uns dias lá e de lá passariasmo o Natal em Dublin, com toda neve e atrasos, acabamos passando o Natal em Mas, foi um tanto quanto deprimente (estamos acostumados, com uma super ceia, toda família… acabamos nós dois 1 garrafa de vodka e nuggets do Mc Donalds).

Uma cidade que super indico!!!

E a Copa do Mundo chegou…

Posted on

E a Copa do Mundo chegou… e muitos brasileiros vão curtir os jogos de muitos dos times mundiais em 12 cidades espalhadas pelo nosso país. Então, resolvemos fazer um post com algumas dicas de todas as cidades sede (sorte que conhecemos a maioria delas)!!!
Se você é um daqueles que comprou um jogo fora da sua cidade e vai aproveitar uns dias a mais para conhecer mais um lugar, confira nossas dicas rápidas de cada lugar no Brasil que você pode desvendar:

São Paulo:
avenida-paulista-2
Uma é moradora de SP, a outra morou lá por 10 anos, então fica fácil.
Conhecer São Paulo inteira é tarefa impossível, mas alguns pontos clássicos podemos destacar:
• Parque do Ibirapuera (para uma voltinha)
• Museus como MASP, da Língua Portuguesa, Museu do Futebol
• Estação da Luz (clássica)
• Catedral da Sé
• Mercado Municipal
• E para quem é fã de umas comprinhas: “a Twenty Five”
• Se você é mais chique… pode dar um pulo na Oscar Freire!

 

Dicas para comer: para mim de longe o melhor em SP é o Serafina, aquele italiano contemporâneo, delicioso. Também tem o Paris 6 (que está super na moda), mas eu sinceramente não gosto tanto. E para quem é fã daquela friturinha, indicamos o bolinho de arroz do Ritz!i

Não vai assistir o jogo no estádio, mas quer ficar no buchicho paulistano? A opção são os Vila Madá, Vila Olímpia e Itaim. Eu particularmente amo o O malleys e para um HH nada melhor que o Bar da Praça (Vila Boim).

Para sair a noite, o Ó do Borogodó é uma samba ótemooooooo. Além das tradicionais baladinhas espalhadas pela cidade: Pink, Casa 92, Kiaora, She Rocks, etc e tal.
Se tiver a toa no sábado, vá dar uma volta na Benedito Calixto!

E quem comprou algum jogo irá conhecer a Casa do Corinthians (meu time do coração – By Agnes)

Belo Horizonte:
“Já que em minas não tem mar, eu vou pro bar”.
BH é uma associação perfeita à Bares… a cada esquina um melhor que o outro, o Tizé, é mtuito delícia. Um lugar que amei comer lá foi o Xapuri, comida mineira top!!!!
Uma volta na lagoa da Pampulha, na Igrejinha do Niermeyer….
De domigo a feirinha de rua gigantesca na Afonso Pena.
Ah! Um ponto turístico bizarro é a Rua do Amendoim, uma ladeira que quando vc para o carro ele sobe sozinho.
E o Mineirão, né? Quem comprou algum jogo vai conhecer!

A general view of the Mineirao stadium during its inauguration in Belo Horizonte

Natal:
Eu, Agnes, tive a oportunidade de ir diversas vezes para lá, na casa de pessoas muito queridas, Belinha e Kau.
Para mim a melhor cidade do Nordeste, praias d-e-l-i-c-i-o-s-a-s.
• O clássico passeio e bugue pelas dunas de Genipabu, lá que o povo anda de dromedário (que dó dos bichinhos)
• praia de Ponta Negra (mais central),
• Pirangi
• Maracajaú é possível mergulhar
• Lá está localizado o maior cajueiro do mundo!
• Andando um pouco mais a famosa praia de Pipa.

Imagem1

Para comer, 3 super indicações: Camarões (pena que não comemos peixe), Tábua de Carne e Mangai!!!!

Fortaleza:fortaleza_orla
Fortaleza, é gigante.
A praia de Iaracema, no centro não é própria para banho, a feirinha da noite lá é ótima!!!
A praia do Futuro é interessante, mas mto ouvimos dizer que um pouco perigosa.
Um dia no Beach Park é indispensável, e a descida no Insano (o maior escorregador de lá – 41 metros de altura) é demais!!!
A praia de Cumbuco, as falésias, e Canoa Quebrada são ótimas.
Se tiver muito tempo vale a ida à Jericoacoara, como eu (Marcella) fiz (mas isso reservamos para um próximo post!).
O restaurante Coco Bambu é ótimo!!!

 

Manaus:
Manaus ainda não conhecemos, mas logo iremos.
Um clássico desta cidade é o passeio pelo teatro municipal, e todo centro histórico construído na época da extração seringueira. Existem fazendas antigas, atualmente utilizadas como museus.
O clássico passeio para ver a união dos rios Negro e Solimões. Ficar na praia de Ponta Negra. Um passeio que quero mto fazer é nadar com o Boto-Cor-de-Rosa, também existem os passeios noturnos para ver jacarés.
E ainda para os amantes da pesca, esse é o melhor lugar do mundo!

800px-Ponte_Rio_Negro

Salvador:
Aquela cidade muito conhecida pelos blocos de Carnaval (que inclusive eu – Marcella – já fui)… Mas também, muito admirada por alguns pontos turísticos tradicionais que você não pode deixar de visitar (que já visitei também):
• Pelourinho (aquelas casinhas coloridas, mas também com uma história bem legal para aprender)
• Igreja Nosso Senhor do Bonfim (aquela das fitinhas)
• Elevador Lacerda (o cartão postal de SSA)
• Mercado Modelo (para quem curte fazer umas comprinhas)
• Pôr do sol no Farol da Barra
Ah, se tiver tempo… e se o sol aparecer (no Nordeste quase sempre aparece), curta uma praia na cidade: Porto da Barra e Farol da Barra. E algumas no Norte também vale a pena passar se quiser curtir o sol: Itapuã, Stella Maris e Flamengo.
Vale a pena esticar até a Praia do Forte, lá é possível conhecer o projeto Tamar!
E não se esqueça, na hora de comer, peça o tradicional acarajé bem apimentado!!

SSA

Recife
tour-recife-olinda-porto-de-galinhasPara quem vai curtir os jogos em Recife, uma má noticia… Banho de mar, só se for com os tubarões! Boa viagem é a praia onde ficam os principais hotéis da cidade, mas é bem conhecida pelo perigo do mar (mas há aqueles que se arriscam num banho de mar)… Mas a minha dica é: banho de sol, caminhada no calçadão, petiscos nos quiosques e um pouco de historia no Recife antigo:
• Marco Zero (onde tem início a contagem oficial de distâncias)
• Mercado de Artesanato (de novo para quem gosta de comprinhas)
• Rua do Bom Jesus (edifícios coloridos)
• Embaixada dos Bonecos Gigantes
• Torre Malakoff.
• Ponte Buarque de Macedo (para uma fotinho)
• Capela Dourada (toda coberta por ouro dentro)
• Forte das Cinco Pontas e Casa da Cultura (antiga prisão).
Além de Recife, há a cidade de Olinda (que é meia hora de carro). Vale muito a pena conhecer… além de ser uma gracinha… ruas cheias de casas coloridas… e restaurantes incríveis para almoçar. E o pôr do sol… a nossa dica é ir ao Alto da Sé.

Rio de Janeiro
Na cidade maravilhosa não sobrará tempo para descansar. Aos que nunca foram (como a Agnes, por exemplo!), muitos pontos turísticos para visitar; aos que já conhecem muitos bares, restaurantes e praias para desfrutar.
Top 10 do Rio de Janeiro
1. Cristo Redentor (prepare as pernas para a subida e torça para que não tenha nuvens)
2. Pão de Açúcar (visão de 360º da cidade)
3. Praia de Copacabana e Forte de Copacabana
4. Maracanã e Museu do futebol (não sei se estará aberto durante o mundial)
5. Mirante Dona Marte
6. Pedra da Gávea (prepare-se para a subida)
7. Jardim Botânico
8. Bairro de Santa Tereza (aquele que sempre aparece nas novelas da Globo)
9. Bares da Lapa (super animado)
10. Lagoa Rodrigo de Freitas (ótimo para um passeio)

Mas prepare o bolso para os dias de festa… esse é o momento em que todos estão querendo tirar proveito do evento mundial!!

 

rj

 

Porto Alegre
20121118_183518 - CópiaPara quem escolheu o Sul como destino… uma noticia: se prepare para os dias de frio. Junho, mês de outono-inverno, as temperaturas costumas ser baixas. Então, preparem os casacos para conhecer essa cidade:
• Parque Farroupilha (Redenção)
• Catedral Metropolitana
• Parque Moinhos de Vento
• Casa de Cultura Mário Quintana
• Pista do gasômetro
• Mercado Público
• Farol e Parque de Itapuã
• Pôr do Sol no rio Guaíba
E claro, como já dizia o ditado popular: “Gaúcho que se preza sabe preparar um bom churrasco!”, não se esqueça de passar pelas churrascarias gaúchas e de se deliciar com cada pedaço de carne servida (e se for de São Paulo, vai se surpreender com o custo baixo).
Curitiba
Passei um dia em Curitiba, então não pude aproveitar nada (e estava a trabalho). Mas eu passei muito frio lá (e era julho)… mas, dizem que todos os pontos turísticos vale a pena conhecer:
• Parque Barigui (área de preservação natural)
• Jardim Botânico20121120_184836
• Rua XV de Novembro (centro de comércio popular)
• Bairro São Francisco: famoso pelos bares, pelas construções antigas, pela Igreja da Ordem e pela famosa Feira de Arte e Artesanato do Largo da Ordem
• Bairro Centro Cívico: Palácio Iguaçu, Assembleia Legislativa, Tribunal de Justiça e a Prefeitura de Curitiba.
• Museu Oscar Niemeyer
• Ópera de Arame
• Bairro Santa Felicidade (famoso pelas cantinas italianas)
• Pôr do sol no Parque Tanguá

Brasilia
A capital do Brasil, porém muito pouco explorada pelos brasileiros.
Não há muito o que fazer na cidade… além que conhecer os pontos turísticos e políticos:

Brasília-21-04-2008

• Pontão do Lago Sul (um lugar bem gostoso para passear e depois comer alguma coisa em um bar ou restaurante)
• Catedral Metropolitana
• Centro Cultural Banco do Brasil
• Memorial JK
• Palácio Itamaraty
• Congresso Nacional
• Praça dos Três Poderes
• Palácio do Planalto
Ah, prepare o bolso porque lá é tudo muito caro!

Cuiabá
Para quem se programou para ir ver os jogos em Cuiabá… se prepare para o calor!!!
Na cidade, não há muito o que fazer… além de comer!!! Para quem gosta de peixe, vai se deliciar com a culinária local.
Para quem tiver um tempo a mais na cidade, vale a pena ir até a Chapada dos Guimarães (aproximadamente 50 minutos de carro).
Na Chapada há vários programas para fazer, desde mais aventureiros (como as cachoeiras), até os mais calmos (como um passeio na cidade pelas lojinhas de artesanato). Além dos restaurantes localizados em hotéis e pontos estratégicos para uma refeição com uma vista linda (se for com um guia local, ele irá te informar os melhores locais para parar).

IMG_0547
Agora com algumas dicas, já estamos prontos para viajar, comer, beber e torcer pelo Hexa! #vaiBrasil

 

Atacama Lindooooooooo

Posted on

1017554_10151547234415794_493824745_n

 

 

Dicas:

  • A máquina fotográfica é a coisa mais importante para o Atacama, paisagens sensacionais!!!
  • Leve mta roupa de frio, mas mta mesmo!
  • O passeio dos Geisers Del Tatio é imperdível
  • Já jantar cedo em San Pedro de Atacama, os restaurantes lotam e fecham as portas!

 

De Santiago pegamos um vôo para
Calama, que é o aeroporto mais próximo de San Pedro de Atacama, já do Brasil eu havia reservado um transfer pela net.

San Pedro é demaissss… uma mini vila no meio do nada, com ruas de terra, uma pequenas agencias de turismo e alguns restaurante (adoro lugares assim!!!!), já havia reservado um hoste
l pela net – Campo Base, que super recomendo!!!!

De cara já paramos em uma agencia para fechar os passeios – Inca Tour (eu já havia visto pela net, então tinha idéia mais ou menos do que queria…). Primeira tarde fomos ao Vale de La Lunae Vale de La Muerte… que demaissss, umas paisagens lindas, cada foto… passamos pelas 3 Marias e depois num desfiladeiro maravilhoso… isso tudo era dia estava quente, ao cair do sol a temperatura cai de 20 graus, para 1 grau e coisa de 10 minutos.1075693_10151547234245794_287254571_n

Na manha seguinte fomos para Geisers Del Tatio ( que são grandes colunas de vapor saem para a superfície através de fissuras na crosta terrestre, alcançando a temperatura de 85°C e 10metros de altura. Isso acontece quando rios subterrâneos entram em contato com rochas quentes). O passeio sai as 4 da manha, chegamos aos geisers as 6, estava cerca de -12 graus, lá vemos o dia amanhecer e tomamos um café da manha congelante! Juro, é mto frio, nao é como um local que sta nevando, é pior, eu estava com roupas de neve, mas meu nariz parecia que iria cair…

O passeio segue para as 1016920_10151547234265794_621559646_npiscinas termais, que fica todo mundo nadando… não tive coragem.. estava mtooooo frio… é um passeio indescritível!!! Ameiii…

Pela tarde fomos ao passeio da Laguna Cejar, que tem grande concentração de sal, e o pessoal fica lá boiando (de novo fiquei com frio e não entrei), da Laguna Salgada, paramos no Ojo Del Sal
ar, são dois lagos super redondinhos, no meio do deserto de sal, que por acaso são de água doce… Atacama e seus mistérios?!!!! E por fim o entardecer na laguna Tebinquinche, que é incrível… uma foto mais linda que a outra!!!

Uma das paisagens mais famosas é dos vulcões Lincanbur e Jurique, diz a lenda que estes vulcões são irmãos e se apaixonaram por Kimal (uma montanha que fica bem em frente a eles). Este triângulo amoroso resultou em mui tas brigas entre os irmãos. Seu pai, Lascar,
atira uma bola de fogo em Lincanbur, como castigo pelas brigas com o irmão, mas não o acerta, quando resolve atirar a segunda bola de fogo, acaba por acertar seu filho preferido, Jurique, que perde sua ponta e ganha uma forma ret1014409_10151547233870794_1915821468_na, parecendo um vulcão pela metade. As lágrimas de Lascar pelo feito ao seu filho preferido deram origem ao Salar do Atacama, e como punição por este amor, Licancabur só pode encontrar seu amor um dia no ano, no solstício de inverno, quando as s
ombras do vulcão e de Kimal se unem.

Dos passeios clássico não tivemos tempo de ir para as lagunas altiplaticas, que ficarão para uma próxima.

Dica: sempre vá jantar cedo, pois os restaurantes lotam, e eles simplesmente fecham as portas.

No dia seguinte voltamos à Santiago e de lá retornamos ao Brasil!

Super indico a viagem para o Atacama!!!!!

Agnes Sacilotto1001811_10151547233665794_1473161274_n

Santiago sob duas estações!!

Posted on

 

Dicas:971345_10151547247225794_602879360_n

  • Chegue cedo para almoçar no Mercado Central, pois as coisas acabam;
  • Compras no Constanera Shopping
  • Supermercado Jumbo é ótimo para comprar vinhos
  • A sorveteria Mó (ao lado do metrô Bella Vista) é deliciosa.
  • Se nunca esquiou, faça uma aula antes de descer a montanha (essa é minha principal dica!!!).
  • Não espere muito das praias (Valparaíso e Vina del Mar)

 


 

Resolvi de um dia para o outro ir para o Chile… uma super amiga está morando lá com o namorado, então fui visitá-la… e comigo embarcou meu namorado Tb.

A viagem já começou muito bem, quando entramos no avião1009767_10151547247535794_1790719697_n não encontrávamos nossas cadeiras, tínhamos a 1A e 1D (eu já estava brava porque estávamos separados), mas não… sei lá porque, estávamos na primeira classe!!! Iuuppp!!!!

Mal chegamos ao centro de Santiago, vimos uma correria, muitos carros de polícia… assim como no Brasil, em julho do ano passado, estavam rolando manifestações no Chile… obviamente curiosos, fomos cada vez chegando mais e mais perto, nossos olhos e nariz, começaram a arder, devido as bombas de gás lacrimogêneo, na rua tudo quebrado e a polícia fortemente armada, com blindados e tudo mais…então nos afastamos um pouco… sempre chegávamos perto, olhávamos e nos afastávamos, até que numa dessas vezes o pessoal da manifestação começou a correr em nossa direção, saímos correndo junto… um moço exatamente do nosso lado arremessou  uma pedra gigante num policial de moto, ficamos encostadinhos em um muro até tudo acalmar…

Nos próximos dias passeamos por Santiago… centro, Mercado Central (queria comer bolinhos de Sentolla, mas n
ão tinha… que decepção), Cierro Santa Lucia, Siero San Cristoban, El Costanera Shopping… me impressionei com a cidade! (não esperava nada demais lá, e me surpreendi!).

Estávamos em 7, hospedados na cas164261_10151547235775794_1060514670_n
a de minha amiga (imagina a zona?!!!!), então decidimos ir no sábado ao Valle Nevado!!! Alugamos um van e saímos cedinho (p
ara chegar antes das excursões…), chegamos lá, alugamos as roupas, os equipamentos, e compramos o ticket para passar o dia na montanha… (todos sabiam esquiar , exceto eu e meu namorado… todos alugaram snowboard, menos eu que resolvi ir de esqui…). Antes de subir a montanha estava oferecendo aulas (pagas obviamente), não quis – GRANDE ERRO!!!!

Já em cima da montanha eu não sabia nem colocar os esquis, quanto mais outras coisa… fiquei em pé, a Mayra me passou instruções básicas, tipo cruzar os esquis para frear… e lá fui eu… já desci rolando a montanha…

Algumas considerações:

1. Na minha cabeça uma pista iniciante, era algo reto, sem mtas curvas… o que não procede.

2. Na pista iniciante, obviamente só tem iniciantes, então quando você consegue ir e o negocio flui, alguém cai na sua frente e na tentativa de desviar, cai também.206255

3. Não espere ficar com seus amigos durante esse dia, cada um em seu tempo, cada um em uma parte da montanha, cada um por si… em 10 min na montanha já tinha me perdido de todo mundo…

4. Esqui não é para mim kkkkkkkkkk

Cai e rolei diversas vezes, e levantar do chão com os esquis é praticamente impossível… já meu namorado, primeira vez no snow, desceu cofotomo se soubesse isso desde criançinha kkkk (que raiva!!! Kkkkkkkkk).

Após uma descida bem atrapalhada, optei por ficar sentadinha no pé da montanha (tão mais seguro..) e q
ue paisagem mais linda. Só após algumas horas, paguei por uma aula e consegui descer a montanha com um pouquinho mais de facilidade (pouquinho…)

OBS: Meu super agradecimento à Mayra e ao Zé que nos hospedaram, nos ensinaram tudo sobre enologia,
esqui… foram as melhoras cias do mundo!!!!

 

Santiago / Valparaíso / Vina del Mar

 

Minha experiência no Chile foi totalmente diferente. Primeiro porque fui no verão (entre o Natal e o Ano novo) e depois porque fui com a minha família (pai, mãe e irmão).

Fizemos todos os passeios turísticos que tínhamos direito. Contratamos um guia local e só para nós02Valparaiso… então a viagem rendeu.

Na primeira noite fomos jantar e depois saímos pelas ruas de Santiago conhecendo toda a parte histórica (de noite). Foi incrível.

No dia seguinte 01Emilianafizemos o passeio nas praias. Meio cansativo, mas muito interessante. Mesmo porque o nosso guia adoraaava contar as historias do local (e minha mae não parava de perguntar), então aprendemos muitas coisas.

 

Antes de chegar as praias, passamos em uma vinícola. Eu não sou muito fã dessas coisas… mas a minha família amou.

Valparaíso é a cidade do porto – patrimônio cultural da humanidade da Unesco… com casas coloridas e cheia de morros (me senti conhecendo alguma favela no RJ… porém um pouco mais organizada). Começamos o tour na parte de cima, na casa de Pablo Neruda (poeta chileno) e fomos descendo… descendo… e descendo… até chegar no porto.

De lá, seguimos para Vina del Mar – que é o principal destino para o verão. Essa praia tem estrutura, resta06conchoytorourantes, hotéis (mas não dormimos) e é conhecida também pelos fogos na virada do ano (não conseguimos ir também porque nosso vôo saía cedinho no dia 1).

Apesar de ser praia, nem ficamos na areia… mesmo sendo v03Vinadelmar (1)erão… ventava demais e diziam que a água do mar era congelante… e ainda tínhamos que voltar para Santiago antes de anoitecer.

 

Nos outros dias continuamos com os passeios turísticos… e inclusive fomos a Concha del y Toro (a vinicula mais famosa do Chile). De novo… para mim foi um passeio normal… mas a minha família amou.

 

Na noite de ano novo reservamos um lugar em um restaurante (que dizia que ia rolar uma festa). No final era praticamente uma balada… e estava lotada de brasileiros… foi bem divertido até (ano novo fora do Brasil nunca é tão legal). E no dia seguinte, as 5am já estávamos no aeroporto para pegar o vôo de volta!!